irmandade

 
 


Human Butterfly Trey-Ratcliff-Burning-Man-2012-X2

denuncio a inconstitucionalidade
do ser:

reivindico
a constitucionalidade do eu
e o azul do céu.

quero ser ser e não mulher.

porque o que eu quero é poder
ser e olhar e sentir.

o que eu quero é ir e vir,
olhar, pesar, resistir.

denuncio
a prisão incontornável:
porque eu não quero é ser dever
e ter chá, o ficar bem,
o bem parecer.

porque o que eu não quero
é ser sonho, viver vicário:
quero ser sol e luar
e não sombra de quem me fez
ou me não soube amar.

reivindicoum raio de luz e o coração
e a estendida mão
que sai de mim e vem de ti,

o tempo em que fico
e aquele em que me vou.
reivindico o tempo que espero.
reivindico a partida e a estrada
e reivindico a chegada.

reivindico quem sou.
reivindico o ser de ser ser,
e de se ser, de ser eu e assim ser
um ser de mulher e verdade:

porque de tudo o que eu mais querosão asas – a asa incólume e pura
da fresca e dura liberdade.

 

© Nina Light CC-BY-NC-ND


-trey ratcliff @ Burning Man 2012
 
 
 

Anúncios

1 comentário a “irmandade

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: